i gave my life to a simple chord

segunda-feira, maio 20, 2002

Yadda yadda yadda

Acho que vou pedir o Adriano em namoro. Em público, assim.
Adriano, quer namorar comigo?
.
.
.
Estou sem speedy, postando do cyber café do pai da Marina Dias, que fica na esquina da minha casa. É só um comentário.
.
.
.
O livro está na editora, quase indo pra gráfica. Revisei pela última vez. Agora não tem mais volta. Meu livro, meu filho, meu primogênito, nascendo no mesmo dia que um de seus pais. O Bukowski, o Bukowski.
.
.
.
Meu fígado nunca mais disse nada.
.
.
.
Tem cartas de duas leitoras minhas na TPM, pedindo coluna e mandando o Doutor Jacó parar de fumar crack. Vocês me orgulham, meninas.
.
.
.
Aquilo ali embaixo é um pedacinho de "Uma temporada no inferno", do Rimbaud. Perguntaram de que banda é. Rimbaud não tinha banda. Mas era altos roqueiro.
.
.
.
Tem uma policial querendo usar o computador. Vou ter que dar uma idinha ali.

.: Clara Averbuck :. 12:51 PM

Acesse os arquivos por aqui:

  • wanna find me?
  • miau?
  • me espalhe, sou uma peste
  • eu leio a bust