i gave my life to a simple chord

quinta-feira, maio 23, 2002

Barbie Day

Chega de choramingar. Domingo é meu aniversário, sábado é minha festa #1, amanhã vou ter que dar uma idinha ali, o Perna está em São Paulo e eu acabei de acordar e o meu gato é lindo e estou com uma música na cabeça. Ah, sim: chegou mais um presente da minha wishlist: o Subterraneans, do Kerouac. Também chegou um que não estava na wishlist e que era uma das minhas falhas de caráter, A Metamorfose, do Kafka, este vindo do meu amigo e companheiro e jew Shade, que eu nunca chamei de Shade antes mas passarei a fazê-lo a partir de agora. Yeah! Eu não ganho fansigns como certas pessoas por aí, mas ganho sofás, guitarras e livros. E sou MARMANJA, não podemos nunca esquecer disso. Marmanja.

Mas aí, agora eu vou ali cuidar de mim um pouquinho. Hoje será meu Dia Barbie. Porque se estiver jururu, pelo menos quero ficar GATA. Vou fazer todas as minhas mulherzices, pintar o cabelo, arrumar as mãos, usar exfoliante, máscara de lama vulcânica verde from outer space, tirar a sobrancelha etc etc etc etc. Tudo do-it-yourself, claro. Quisera eu possuir reais para pagar por esses serviços. Era legal quando eu era recebida com nobreza até, nadava em ouro e tinha alcovas de cetim. Mas isso acabou. Agora preciso depilar as próprias pernas e fazer as unhas do meu próprio pé. Finalmente encontrei uma utilidade para aqueles MALDITOS OITO ANOS DE BALLET. Só assim pra pessoa conseguir tirar as cutículas do próprio pé mesmo. Com licença.


.: Clara Averbuck :. 5:12 PM

Acesse os arquivos por aqui:

  • wanna find me?
  • miau?
  • me espalhe, sou uma peste
  • eu leio a bust